Vítimas de abuso sexual têm mais doenças mentais

As mulheres vítimas de estupro e outras formas de violência sexual sofrem mais com enfermidades mentais ao longo da vida e seu nível de propensão ao suicídio é mais elevado, revela um estudo australiano divulgado nesta quarta-feira, cujas conclusões foram consideradas preocupantes, segundo os autores. “Com base em estudos precedentes, esperávamos descobrir uma associação ou uma correlação, mas a importância (desta correlação) é particularmente preocupante”, declarou Susan Rees, chefe deste estudo realizado pela Escola Psiquiátrica da Universidade de Nova Gales do Sul.

As enfermidades mentais não são “somente mais frequentes, como também mais graves”, acrescenta a especialista. No estudo, publicado no Journal of the American Medical Association, os pesquisadores analisaram os resultados de um questionário realizado pelo Departamento Australiano de Estatísticas em 2007 com 4.451 mulheres entre 16 e 85 anos.

Agressões levam a tentativas de suicídio

Os especialistas distinguiram quatro tipos de violência no estudo: a violência conjugal, o estupro, outros tipos de violências sexuais, e o assédio. Fizeram a mesma coisa para as enfermidades mentais, separando a ansiedade grave, a depressão e o consumo de drogas. O estudo aponta que 69% das mulheres que sofreram dois dos tipos de violências classificadas têm problemas mentais ao longo de sua vida, e o nível aumenta até 89,4% nas mulheres que sofreram três tipos de violências”, destaca Rees. Já o nível de mulheres que têm doenças mentais, mas não sofreram agressões sexuais é muito mais baixo, de 28%, diz a psiquiatra.

A taxa de tentativas de suicídio é de 1,6% em mulheres que não sofreram violências sexuais, enquanto que alcança os 6% nas que sofreram algum tipo de violência e 34% em mulheres vítimas de três ou quatro agressões. Esta pesquisa é a mais completa jamais realizada a partir de uma amostragem representativa e pode ser extrapolada para outros países que tenham características semelhantes com a Austrália.

Deixe um comentário