Estudo identifica gene responsável pela capacidade de liderança

Um gene que pode definir a criação de líderes natos foi descoberto por cientistas da University College, no Reino Unido. O "gene da liderança", identificado com o código rs4950, é uma sequência congênita de DNA associado com pessoas que estão no comando, de acordo com os pesquisadores. Eles acreditam que a capacidade de liderar também pode ser aprendida, mas o gene seria responsável por fornecer o impulso necessário para tornar alguém um bom líder. As informações são do Huffington Post.

Os pesquisadores descobriram o gene ao analisar amostras de DNA de aproximadamente 4 mil indivíduos e relacionar esses dados a informações sobre suas vidas. Empregos ligados à tarefas de supervisão foram utilizados como parâmetro para avaliar o comportamento de liderança. O estudo mostrou que cerca de 25% da variação nos traços identificados em líderes podia ser explicada pela genética.

"Identificamos um genótipo, chamado rs4950, que parece estar associado à passagem de liderança entre gerações. A ideia convencional – de que a liderança é uma habilidade – permanece bastante verdadeira, porém mostramos que é também, em parte, uma característia genética", afirmou o cientista Jan-Emmanuel De Neve, principal responsável pela pesquisa.

O estudo, publicado online na terça-feira pela revista científica Leadership Quarterly, sugere que líderes como Martin Luther King, Gandhi, Nelson Mandela e Winston Churchill tinham o gene da liderança. Apesar da alegada importância do gene, porém, conquistar uma posição de liderança ainda depende principalmente do desenvolvimento das habilidades necessárias, de acordo com os pesquisadores.

 

Deixe um comentário