Defeito em neurônio pode causar diabetes

O diabetes pode ser coisa da sua cabeça. Literalmente. É o que acredita um grupo de cientistas americanos, que encontraram um defeito em um grupo de neurônios que pode ser uma das causas do tipo 2 da doença.

A descoberta foi revelada nesta quarta-feira (29) na revista científica “Nature” pelos pesquisadores do Centro Médico Beth Israel Deaconess, da Universidade de Harvard.

A diabetes tipo 2 está associada à obesidade e ocorre quando as células do corpo são incapazes de regular os níveis de açúcar (glucose) no sangue. Isso acontece por três problemas simultâneos, segundo o grupo liderado pelo cientista Bradford Lowell. O dois primeiros já eram conhecidos: o mau funcionamento das células do pâncreas e a deficiência da ação da insulina no fígado, na gordura e nos músculos. O terceiro, descoberto agora, seria o dano causado aos neurônios sensíveis à glucose pela obesidade.

O estudo, feito em camundongos, é o primeiro a detectar nos neurônios uma função de controle dos níveis de açúcar no sangue.

“Agora sabemos que esses neurônios são ativados eletricamente pela glucose de uma maneira bem parecida com a que ocorre nas células do pâncreas, e que esses dois tipos de células são importantes para o controle do nível de açúcar no sangue”, explicou ao G1 a autora principal do estudo, Laura Parton.

Parton acredita que o mesmo mecanismo deve ser encontrado em seres humanos, mas mais estudos precisarão ser feitos para confirmar isso. Se for verdade, poderemos ter, no futuro, remédios mais eficientes tanto contra o diabetes tipo 2 quanto contra a obesidade.

Deixe um comentário