Preaload Image

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Choques no cérebro estimulam habilidades matemáticas

Estudo da Universidade de Oxford, na Inglaterra, indica que estimular o cérebro com leves choques elétricos pode aumentar as habilidades em Matemática de uma pessoa por até seis meses, sem influenciar outras funções mentais. As informações são do site LiveScience.

Os resultados podem, no futuro, ajudar entre 15% e 20% da população mundial que perderam parte da capacidade de raciocínio com números graças a doenças degenerativas. Pessoas com estas doenças geralmente não conseguem, por exemplo, entender a numeração de etiquetas de roupas e contar o valor correto do troco em uma compra, segundo os cientistas, que dizem que os choques estimulariam estas pessoas a passar por estas situações sem nenhum problema como vergonha, por exemplo.

O método é não-invasivo, por meio de um estímulo transcraniano, que aplica leves choques no cérebro por certo período para melhorar ou diminuir a atividade dos neurônios. Nos últimos 10 anos, essa técnica mostrou potencial para ajudar pessoas em diversos problemas cerebrais, como pessoas que sofreram golpes na cabeça, por exemplo.

No estudo, os cientistas da universidade aplicaram o método transcraniano no lobo parietal, região do cérebro que é crucial para o entendimento numérico. Os cinco voluntários possuíam habilidades médias em Matemática, e tiveram que aprender uma série de números artificiais – símbolos que nunca foram vistos antes e que no teste representavam várias medidas – enquanto recebiam os estímulos elétricos, durante seis dias.

Depois, os cientistas investigaram a habilidade dos voluntários para resolver problemas com os números artificiais. Os cientistas, então, descobriram que os estímulos no cérebro aumentaram a habilidade dos voluntários para processar fórmulas e entendimentos matemáticos. Tais habilidades duraram por seis meses, em alguns dos casos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.