Traumatismo Craniano em Pacientes Pediátricos

Contextualização De maneira geral, o traumatismo cranioencefálico é definido como qualquer agressão de ordem traumática que acarrete lesão anatômica ou comprometimento funcional do couro cabeludo, crânio, meninges, encéfalo ou seus vasos. É um tema de extrema relevância, pois os traumas em geral são a principal causa de morte em pessoas entre 1 e 44 anos e, especificamente o TCE, é o principal determinante de morbidade, incapacidade e mortalidade dentro deste grupo. Resumidamente, ele pode ser classificado baseado em três categorias: clínica (fundamentada na escala de coma de Glasgow – ECG); anatômica (localização e tipo de lesão – lesões intracranianas focais e difusas; fraturas de calota e base de crânio); mecanismo (lesões abertas ou fechadas). Quando pensamos nessas classificações, existem diferenças ao avaliarmos um paciente pediátrico, adulto e idoso. Nesse momento, o foco é abordarmos um pouco acerca das peculiaridades do …

Traumatismo Craniano em Pacientes Pediátricos Leia mais »